Top

Softacort

Folheto informativo: Informação para o doente
 
Softacort 3,35 mg/ml colírio, solução em recipiente unidose
 
Fosfato sódico de hidrocortisona
 
Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento, pois contém informação importante para si.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
- Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.
- Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.
- Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Ver secção 4.
 
O que contém este folheto:
 
  1. O que é Softacort e para que é utilizado
  2. O que precisa de saber antes de utilizar Softacort
  3. Como utilizar Softacort
  4. Efeitos secundários possíveis
  5. Como conservar Softacort
  6. Conteúdo da embalagem e outras informações
  

1.1  O que é Softacort e para que é utilizado

 
Este medicamento é um colírio, solução em recipiente unidose o qual contém uma substância denominada hidrocortisona. Esta substância é um corticosteroide que inibe os sintomas inflamatórios.
 
É utilizado para tratar situações inflamatórias ou alérgicas ligeiras da parte superficial do(s) seu(s) olho(s) (conjuntiva).
 
O olho não deve estar infetado (ver “Não utilize Softacort”).
  

1.2  O que precisa de saber antes de utilizar Softacort

 
Não utilize Softacort:
  • Se tem alergia à substância ativa (hidrocortsiona) ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).
  • Se tem uma pressão intraocular elevada (hipertensão ocular) que se sabe ser devida aos glucocorticoides (família dos corticosteroides) ou ter outras causas.
  • Se tem uma infeção viral aguda por herpes e a maioria de outras infeções virais na fase de ulceração (a não ser que a infeção esteja a ser tratada com um tratamento anti-infecioso para o vírus do herpes).
  • Se tem uma conjuntivite com inflamação ulcerativa da córnea (queratite) mesmo na fase inicial.
  • Se tem uma infeção bacteriana no olho (infeção purulenta aguda, conjuntivite, blefarite ou terçolho).
  • Se tem uma infeção fúngica no olho (micose ocular).
  • Se tem uma infeção bacteriana denominada tuberculose que afeta o seu olho (tuberculose ocular).
 
Advertências e precauções
  • Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de utilizar este medicamento.
  • Se tem um olho vermelho que não foi diagnosticado, não utilize este medicamento.
  • Se tem um infeção ocular viral (herpes), utilize apenas este medicamento caso a infeção esteja a ser tratada com um tratamento anti-infecioso e será necessária uma monitorização cuidadosa dos seus olhos.
  • Se tem uma doença que causa uma diminuição da espessura da parte exterior do seu olho (córnea e esclerótida), poderá haver um risco aumentado de perfuração devido à utilização de corticosteroides tópicos aplicados no olho.
  • Se utiliza ou utilizou um corticosteroide durante um longo período de tempo e se tem uma ferida no olho (úlcera na córnea), poderá suspeitar-se de uma infeção fúngica.
  • Será necessária uma monitorização cuidadosa regular dos seus olhos durante o seu tratamento. Uma utilização prolongada de corticosteroides demonstrou causar um aumento da pressão no interior do olho e o desencadeamento de glaucoma, especialmente em doentes que já sofrem de pressão intraocular elevada ou em doentes em risco de desenvolver tal condição com um tratamento esteroide local (ver “Efeitos secundários possíveis”) e pode provocar um enevoamento do cristalino no olho (catarata), em particular em crianças e na população idosa.
  • A utilização de corticosteroides pode causar infeções oculares oportunistas. Além disso, os corticosteroides oculares tópicos podem causar, agravar ou mascarar os sinais e sintomas das infeções oculares oportunistas.
  • Deve evitar utilizar lentes de contacto durante o tratamento com este medicamento.
  • Contacte o seu médico se apresentar visão turva ou outras perturbações visuais.
 
Crianças
Não existem dados de segurança e eficácia em crianças.
O tratamento contínuo e prolongado com corticosteroides em crianças pode causar supressão suprarrenal.
O aumento da pressão ocular em crianças ocorre mais frequentemente, com maior gravidade e mais rapidamente que nos adultos.
 
Outros medicamentos e Softacort
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a utilizar, tiver utilizado recentemente, ou se vier a utilizar outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita médica.
Alguns medicamentos podem aumentar os efeitos de Softacort e o seu médico poderá querer monitoriza-lo cuidadosamente caso esteja a tomar estes medicamentos (incluindo alguns medicamentos para o VIH: ritonavir, cobicistato).
 
Gravidez e amamentação
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.
  • A utilização deste medicamento durante a gravidez não é recomendada exceto quando o seu médico considerar necessário e sob rigorosa supervisão. 
  • Não se sabe se este medicamento passa para o leite materno. O seu médico irá decidir se pode utilizar ou não este medicamento durante a amamentação. 
 
Condução de veículos e utilização de máquinas
Visão turva temporária ou outras perturbações visuais podem afetar a capacidade de conduzir ou utilizar máquinas. Não conduza ou utilize máquinas até que a sua visão volte ao normal.
 

Softacort contém fosfatos

Este medicamento contém 0,227 mg de fosfatos em cada gota.

  

1.3 Como utilizar Softacort

 
Dose
Utilize este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.
 
A dose recomendada é de 2 gotas no(s) olho(s) afetado(s), 2 a 4 vezes por dia, dependendo da prescrição.
É recomendado efetuar uma redução gradual da dose para evitar recidivas. A duração do tratamento normalmente varia de alguns dias até um máximo de 14 dias.
 
A mesma dose é utilizada para adultos e idosos.
 
Utilização em crianças
A eficácia e segurança em crianças não foram estabelecidas.
 
Como utilizar o colírio
Este medicamento destina-se a ser administrado no olho.
 
Siga, por favor, as seguintes instruções para utilizar o colírio:
 
1. Lave as suas mãos e sente-se ou coloque-se numa posição confortável.
2. Abra a saqueta que contém 10 recipientes unidose. Escreva a data da primeira abertura na saqueta.
3. Retire um recipiente unidose da tira.
retire unidose
4. Rode a extremidade superior do recipiente unidose tal como indicado na figura. Não toque na ponta após a abertura do recipiente.
Rode a extremidade superior do recipiente unidose
5. Utilize o seu dedo para puxar cuidadosamente para baixo a pálpebra inferior do olho afetado.
6. Coloque a extremidade do recipiente unidose próximo do seu olho, mas de modo a não lhe tocar.
7. Pressione cuidadosamente o recipiente unidose de forma que entrem duas gotas no seu olho, depois liberte a pálpebra inferior.
Pressione cuidadosamente o recipiente unidose
8. Com um dedo pressione o canto do olho, mais próximo do nariz. Pressione durante 1 minuto, enquanto mantém o olho fechado.
Com um dedo pressione o canto do olho
9. Repita esta operação no outro olho, se o seu médico lhe tiver dito para o fazer. Cada recipiente unidose contém solução suficiente para ambos os olhos.
10. Rejeite o recipiente unidose após a utilização. Não conserve o recipiente para uma utilização posterior.
11. Coloque os recipientes unidose que não foram abertos dentro da saqueta. Coloque a saqueta aberta dentro da embalagem. Os recipientes unidose que não foram abertos têm de ser utilizados no espaço de um mês após a abertura da saqueta.
 
Caso esteja a utilizar outro medicamento de aplicação ocular, deve aguardar 5 minutos entre cada aplicação.
 
Se tomar utilizar mais Softacort do que deveria
Enxague o olho com água estéril se tiver aplicado demasiado produto no seu olho e se tiver uma irritação prolongada.
Contacte imediatamente o seu médico ou farmacêutico.
 
Caso se tenha esquecido de utilizar Softacort
Não utilize uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de utilizar.
 
Se parar de utilizar Softacort
Não pare de utilizar o tratamento abruptamente. Consulte sempre o seu médico caso esteja a considerar interromper o tratamento.
Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.
  

1.4 Efeitos secundários possíveis

 
Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.
 
Desconhecida: a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis
  • Desconforto ocular temporário (sensação de queimadura ou picadas) após a aplicação.
 
Os seguintes efeitos secundários foram notificados com medicamentos do mesmo grupo (corticosteroides) quando utilizados no tratamento de doenças oculares.
Desconhecida: a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis
  • reações alérgicas,
  • atraso na cicatrização de feridas,
  • enevoamento do cristalino no olho (catarata capsular posterior),
  • infeções oportunistas (infeção fúngica e viral do tipo herpes),
  • aumento da pressão no seu olho (glaucoma),
  • dilatação da pupila (midríase),
  • descaimento das pálpebras (ptose),
  • inflamação no interior do seu olho (uveíte),
  • alterações na espessura da camada exterior do olho (córnea),
  • inflamação da córnea (queratopatia do cristalino).
  • visão turva
 

Se sofrer de lesão grave na camada transparente na parte da frente do olho (córnea), os fosfatos podem causar em casos muito raros zonas nubladas na córnea devido à acumulação de cálcio durante o tratamento. 

 
Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P. através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.
 
INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa
Tel: +351 21 798 73 73
Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)
Fax: +351 21 798 73 97
  

1.5 Como conservar Softacort

 
Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.
 
Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior, saqueta e recipiente unidose após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.
 
Não conservar acima de 25ºC.
 
Após a primeira abertura da saqueta: utilize os recipientes unidose no prazo de um mês.
Mantenha os recipientes unidose dentro da saqueta para os proteger da luz.
Escreva a data da primeira abertura na saqueta.
 
Após a primeira abertura do recipiente unidose: utilize imediatamente e elimine o recipiente unidose após a sua utilização.
 
Uma vez que a esterilidade não pode ser mantida após a abertura do recipiente unidose individual, tem de abrir um novo recipiente unidose antes de cada utilização.
 
Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.
  

1.6 Conteúdo da embalagem e outras informações

 
Qual a composição de Softacort
- A substância ativa é o fosfato sódico de hidrocortisona.
1 ml de colírio, solução contém 3,35 mg de fosfato sódico de hidrocortisona.
- Os outros componentes são fosfato dissódico dodeca-hidratado, di-hidrogenofosfato de sódio mono-hidratado, cloreto de sódio, edetato dissódico, ácido clorídrico (para ajuste do pH), água para preparações injetáveis.  
 
Qual o aspeto de Softacort e conteúdo da embalagem
Este medicamento apresenta-se sob a forma de colírio, solução em recipiente unidose.
A solução é praticamente límpida, incolor ou ligeiramente amarelada, praticamente isenta de partículas. É acondicionada em saquetas contendo 10 unidades e cada recipiente unidose contém 0,4 ml de produto.
As embalagens contêm 10 (1x10), 20 (2x10), 30 (3x10) ou 60 (6x10) recipientes unidose.
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.
  
Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante
LABORATOIRES THEA
12, rue Louis Blériot
63017 CLERMONT-FERRAND Cedex 2
FRANÇA
 
Fabricante
LABORATOIRES UNITHER
ZI de la Guérie
50 211 COUTANCES CEDEX
FRANÇA
 
ou
 
LABORATOIRES THEA
12, rue Louis Blériot
63017 CLERMONT-FERRAND Cedex 2
FRANÇA
 
Este medicamento encontra-se autorizado nos Estados Membros do Espaço Económico Europeu (EEE) sob as seguintes denominações:
 
Alemanha, Áustria, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Grécia, Finlândia, França, Islândia, Noruega, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia, Suécia-Softacort
Bélgica, Holanda, Luxemburgo-Softacor
Irlanda, Itália-Zoftacot
 
Este folheto foi revisto pela última vez em 10/2018